Manifesto 501

Passei a conhecer recentemente o Manifesto 501 através desse artigo Manifesto 501: pelo direito à vida pessoal no desenvolvimento postado no site InfoQ, sinceramente eu não achava que havia mais pessoas que pensavam assim, esse manifesto foi criado com moldes semelhantes ao Manifesto Ágil.
Para quem não leu o artigo no InfoQ, esse 501 vem de 5:01, nos Estados Unidos o horário padrão de saída do trabalho, então isso é para aquelas pessoas que no primeiro minuto após o final do expediente já estão preocupadas com seus projetos.
Logo abaixo está a principal parte do Manifesto 501:

Nossas famílias em vez de objetivos comerciais de empresários

Tempo livre, em vez de lanches grátis

Viver nossas vidas em vez de manter nossa marca pessoal

Ritmo sustentável em vez de heroísmo

Projetos pessoais em vez de produtos comerciais de que o mundo não precisa

Ter dinheiro para roupas de qualidade em vez de ganhar camisetas grátis da Microsoft

Jogar pebolim em um bar com amigos em vez de jogar na empresa com o seu líder de projeto

Procurar não ser um idiota, em vez de ser um desenvolvedor rockstar

Eu simpatizei imediatamente com esse manifesto, afinal de contas, nós da área de tecnologia (em sua grande parte) estamos vivendo exatamente isso, não estamos tendo tempo para os nossos familiares, ficamos até mais tarde no trabalho ou viramos a noite e acabamos comendo lanche, não damos atenção para nossa saúde deixando de dormir e de comer corretamente, muitas vezes não fazemos o horário comercial de trabalho, trabalhamos como se não houvesse chance de postergar a atividade por um tempo, nossa maior preocupação é sempre gerar valor ao negócio, poucas vezes pensamos em gerar valor para sociedade e melhorar a vida do próximo, trabalhar para ficar bem de vida é uma coisa, outra é viver em função do trabalho a tal ponto de não ter tempo de fazer um happy hour com nossos amigos… enfim, isso resume a vida de muitos na área de tecnologia.

Já está na hora de nos concentramos um pouco mais em nós mesmos (sem sermos egoístas) e cumprir com o famoso “combinado”, assim como nossos colegas de outras áreas e setores já fazem há muitos anos.

O que você prefere, ter uma vida razoavelmente boa, mas ter saúde para ficar com sua família daqui a 20 anos ou ter uma carreira extremamente bem sucedida e não ter família para compartilhar isso?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s