O que é WMS?

O WMS, warehouse management system ou sistema de gestão de armazém. É o sistema que faz toda a gestão do CD, de todos os recursos, dos produtos etc.

Suas principais funcionalidades de operação são:

  1. Recebimento – Esse é o processo de receber produtos de parceiros/fornecedores, quando integrado ao ERP (saiba mais de ERP aqui), o recebimento pode (deveria) estar ligado à uma compra com nota fiscal.
  2. Conferência – Isso é basicamente o batimento dos itens que você combinou de receber contra o que de fato foi recebido. Esse batimento é feito geralmente com base em uma nota fiscal ou em um pedido de compra. Quando o valor não bate é necessário efetuar uma operação fiscal para correção dessa quantidade, seja uma nota fiscal de devolução quando a quantidade é menor, ou uma nota fiscal de venda para alocar os itens a mais no estoque, ou ainda em alguns casos extremos as mercadorias são todas levadas de volta…
  3. Armazenar – Aqui colocamos todos produtos no devido endereço e o WMS com sua base de dados o faz da melhor forma possível, de forma a melhorar a roteirização feita no armazém pelos que nele operam.
  4. Separação – Da mesma forma como é tratado no artigo Separação de produtos
  5. Expedição – Aqui o WMS gerencia o endereçamento dos produtos para as docas, onde os transportadores aguardam para levar os produtos ao seu destino.
  6. Inventário – É o processo de conferência do estoque, e ele pode ser feito em todo o armazém o que faz com que toda a operação do armazém fique por conta disso, ou pode ser parcialmente, onde uma parte do time da operação faz a validação enquanto outra parte do time fica focada no inventário, isso é importante para operações que não podem parar totalmente, além disso é bom para manter o time operando quando a ociosidade na operação. Seja cíclico ou total o inventário feito periodicamente permite a você identificar rapidamente rupturas e de forma pró-ativa sem afetar suas vendas.
  7. Endereçamento – Você poderá criar espaços delimitados fisicamente no seu armazém (andar, corredor, baia, nível e slot), além criar espaços virtuais, como por exemplo, você poder te um pallet ou box em um lugar determinado no armazém e determinar que todos os itens pequenos com avaria devam ser depositados ali.

Espero que esse artigo tenha contribuído no seu conhecimento.

Abs e até mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s