Motivação! Atitudes de Resultado

Foi o primeiro video motivacional que vi e que realmente me motivou, ainda hoje é um dos melhores videos que já vi. Fale apena dar uma olhadinha e ganhar esses 7 minutos!

Foi nesse video que conheci o texto abaixo, que está no artigo Não adianta ser só técnico.

E muitas vezes as coisas tomam direcionamentos, e nós temos que pegar uma borracha
E pegar aquele rascunho chamado sonho, apagar algumas linhas
E logo em seguida fazer um rascunho chamado SONHO
E apesar de ser um rascunho, é esse rascunho chamado sonho, que nos leva adiante, que nos dá motivo pra levantar, pra lutar, é o que nos motiva, ou seja, é que nos dá motivo para agir

Palestra Motivacional Atitudes de Resultado com Prof. Heinz.

Anúncios

Técnica Pomodoro

Hoje em dia o que nós mais precisamos é ter mais assertividades nos prazos que damos e aproveitar o nosso tempo da melhora maneira possível, com a técnica Pomodoro isso é possível.

Objetivo

O objetivo da Técnica Pomodoro é proporcionar uma ferramenta simples para melhorar o processo de produtividade (sua e de sua equipe), que é capaz de fazer o seguinte:

  • Aliviar a ansiedade;
  • Aumentar o foco e a concentração ao reduzir interrupções;
  • Aumentar a consciência de suas decisões;
  • Aumentar a motivação e mantê-la constante;
  • Reforçar a determinação para alcançar seus objetivos;
  • Refinar o processo de estimação, tanto em termos qualitativos e quantitativos;
  • Melhorar o seu processo de trabalho ou estudo;
  • Reforçar a sua determinação em continuar a aplicar-se diante de situações complexas.

O que preciso para implementar

Para Implentar a Técnica Pomodoro é necessário ter:

  • Um relógio Pomodoro
  • Uma lista de atividades para fazer, preenchido no início de cada dia com o seguinte:
    • Um título com local, data e autor;
    • Uma lista das coisas a fazer durante o dia, em ordem de prioridade;
    • Uma seção de atividades não planeadas e urgente, onde todas as tarefas inesperadas que têm de ser tratados devem ser listados como eles vêm para cima. Essas atividades podem potencialmente modificar o plano do dia.
  • Uma folha de backolog de atividades, que consiste em:
    • Uma posição com o nome do autor
    • Um número de linhas onde várias atividades são anotadas como em ordem de prioridade. No final do dia, os que foram completadas são removidas.
  • Uma folha de registros: Este é o conjunto de dados-primas necessárias para produzir relatórios pertinentes e gráficos. Dependendo dos objectivos em questão, este contém diferentes conjuntos de caixas. Normalmente, esta folha deve incluir a data, a descrição eo número de Pomodoros valor do esforço necessário para realizar uma tarefa. Esta folha é atualizado pelo menos uma vez por dia, geralmente no final do dia.

Pomodoro?

Um Pomodoro tem duarção de 30 minutos, 25 minutos atuando na atividade e 5 minutos de pausa. Quando os 25 minutos encerram a atividade terminou temporariamente, a pausa de 5 minutos lhe dá o tempo necessário para desconectar do trabalho, o que lhe dá tempo para assimilar o que aprendeu nos últimos 25 minutos e também lhe dá a chace de fazer algo de bom para sua saúde, como dar uma pequena caminhada, fazer algum alongamento, comer uma fruta ou lanche, tomar água, ir ao banheiro, fazer uma respiração profunda, conversar rapidamente com quem está ao seu lado. Não é recomendável fazer qualquer atividade que exija engajamento mental significativo durante a pausa, como, escrever e-mails importantes, conversar com colegas sobre coisas relacionadas ao trabalho, ligações importantes, esse tipo de atividade interfere na integração construtiva mental da qual é necessária para estar alerta e pronto para o início do próximo Pomodoro. Esse tipo de atividade deve estar inserido em Pomodoros durante esse dia. Você deve pensar no que foi feito nos últimos Pomodoros durante a pausa. Após terminar o Pomodoro marque com um X logo a frente dele determinando que ele foi concluído.

Você também pode utilizar Pomodoros no seu smartphone, como o Pomodroid ou outros que podem ser instalados no computador.

Como fazer então?

Vamos começar de forma simples, selecione atividades para o dia e coloque-as em uma lista, e tente estimar o tempo ou quantidade de Pomodoros para cada atividade. Feito isso, inicie o seu trabalho. Quando o tempo de 25 minutos passar, pare o que está fazendo, faça a pausa de 3 a 5 minutos, tome um café, vá ao banheiro, troque uma ou duas piadas e volte ao trabalho. Ao fim de cada Pomodoro marque um X a frente da lista de atividades sinalizando que você concluiu um Pomodoro.
Não inicie nenhuma atividade que exige um esforço mental significativo, pois dessa forma você não dá ao seu cérebro a possibilidade de efetuar a integração mental construtiva a qual fará a assimilação de todo o conteúdo no qual você se envolveu no último Pomodoro e você não estará em alerta para o próximo.

A cada 4 Pomodoros

Após 4 Pomodoros uma pausa de 15 a 30 minutos deve ser feita.
Essa pausa é o momento certo para arrumar a mesa, ouvir as mensagens da caixa postal, ler os e-mails, olhar nas redes sociais, fazer exercícios, uma caminhada rápida, de preferência nada que seja complexo senão a mente não consegue se reorganizar para integrar o que aprendeu. Nesse momento não é bom pensar no que foi feito nos últimos Pomodoros.

Interrupções Internas

A cada vez que você sentir necessidade de para para fazer alguma coisa, marque um apóstrofo em frente à atividade que você desenvolvendo e anote essa outra atividade numa lista de atividades não planejadas. Procure ver e-mails e antender ou retornar telefones em um horário específico do dia, crei Pomodoros apenas para isso. Se for necessáio atender uma ligação, diga que você retornará em 25 minutos.

Interrupções Externas

Geralmente são atividades urgentes, mas podem esperar 25 minutos (um Pomorodo), algumas vezes até 4 Pomodoros (2 horas), são poucas as vezes em que realmente temos que parar tudo para atuar em uma atividade imediatamente de tão urgente que ela seja, nesse caso marque uma letra com F (de falha) ou I (de interrompido) na frente do Pomodoro, esse pomodoro falhou e deverá ser retomado depois, nesse momento você passa a atuar na atividade urgente e em um novo Pomodoro, e essa atividade deve ser marcada na lista de atividades não programadas e urgentes.

No final das contas você simplesmente organizou seu dia forma melhor e se não media, agora passou a medir o que está fazendo. Além disso você passa a utilizar os ritmos biológicos (aqueles que estudamos em cronobiologia ao seu favor), mas isso é um outro assunto.

Para mais informações sobre Técnica Pomodoro acesse o site http://br.pomodorotechnique.com. Estou começando com o Pomodoro agora também, e estou curtindo muito, pelo o que Francesco Cirillo fala é possível utilizar Pomodoro em dulpas e até em times inteiros, vamos ver como nos saímos com isso.

Até a próxima.

Oito princípios fundamentais do chefes extraordinários

Por esses dias eu pude ler sobre muitos assuntos, desde Java até medicina chinesa, e claro que li também sobre chefes, e gostei muito desse artigo 8 Core Beliefs of Extraordinary Bosses (8 princípios fundamentais do chefes extraordinários).

Cada um dos tópicos mostra como é um chefe ruim e um bom:

1. O negócio é um ecossistema, e não um campo de batalha.

2. A empresa é uma comunidade, não uma máquina.

3. Gestão é o serviço, não de controle.

4. Meus funcionários são meus pares, e não meus filhos.

5. A motivação vem da visão, não de medo.

6. Mudança é igual a crescimento, não dor.

7. A tecnologia oferece capacitação, não automação.

8. O trabalho deve ser divertido, não mera trabalho duro.

Vale a pena dar uma lida no conteúdo original.

Até a próxima!

Manifesto 501

Passei a conhecer recentemente o Manifesto 501 através desse artigo Manifesto 501: pelo direito à vida pessoal no desenvolvimento postado no site InfoQ, sinceramente eu não achava que havia mais pessoas que pensavam assim, esse manifesto foi criado com moldes semelhantes ao Manifesto Ágil.
Para quem não leu o artigo no InfoQ, esse 501 vem de 5:01, nos Estados Unidos o horário padrão de saída do trabalho, então isso é para aquelas pessoas que no primeiro minuto após o final do expediente já estão preocupadas com seus projetos.
Logo abaixo está a principal parte do Manifesto 501:

Nossas famílias em vez de objetivos comerciais de empresários

Tempo livre, em vez de lanches grátis

Viver nossas vidas em vez de manter nossa marca pessoal

Ritmo sustentável em vez de heroísmo

Projetos pessoais em vez de produtos comerciais de que o mundo não precisa

Ter dinheiro para roupas de qualidade em vez de ganhar camisetas grátis da Microsoft

Jogar pebolim em um bar com amigos em vez de jogar na empresa com o seu líder de projeto

Procurar não ser um idiota, em vez de ser um desenvolvedor rockstar

Eu simpatizei imediatamente com esse manifesto, afinal de contas, nós da área de tecnologia (em sua grande parte) estamos vivendo exatamente isso, não estamos tendo tempo para os nossos familiares, ficamos até mais tarde no trabalho ou viramos a noite e acabamos comendo lanche, não damos atenção para nossa saúde deixando de dormir e de comer corretamente, muitas vezes não fazemos o horário comercial de trabalho, trabalhamos como se não houvesse chance de postergar a atividade por um tempo, nossa maior preocupação é sempre gerar valor ao negócio, poucas vezes pensamos em gerar valor para sociedade e melhorar a vida do próximo, trabalhar para ficar bem de vida é uma coisa, outra é viver em função do trabalho a tal ponto de não ter tempo de fazer um happy hour com nossos amigos… enfim, isso resume a vida de muitos na área de tecnologia.

Já está na hora de nos concentramos um pouco mais em nós mesmos (sem sermos egoístas) e cumprir com o famoso “combinado”, assim como nossos colegas de outras áreas e setores já fazem há muitos anos.

O que você prefere, ter uma vida razoavelmente boa, mas ter saúde para ficar com sua família daqui a 20 anos ou ter uma carreira extremamente bem sucedida e não ter família para compartilhar isso?

Não adianta ser só técnico

Esse texto foi extraído de um video que não consegui encontrar, mas o texto é exatamente esse.

E muitas vezes as coisas tomam direcionamentos, e nós temos que pegar uma borracha
E pegar aquele rascunho chamado sonho, apagar algumas linhas
E logo em seguida fazer um rascunho chamado SONHO
E apesar de ser um rascunho, é esse rascunho chamado sonho, que nos leva adiante, que nos dá motivo pra levantar, pra lutar, é o que nos motiva, ou seja, é que nos dá motivo para agir

Após ler isso eu lhe sugiro, se você ainda não tem alguma certificação e tem vontade de ter uma, você pode conseguir isso, basta que você se proponha a conquistá-la, se você tem ideia de construir um site, uma ferramenta que seja para ganhar dinheiro, para aproximar as pessoas, para melhorar o mundo, enfim, se é um SONHO seu, não desista! É possível que você não tenha ainda o conhecimento técnico ou até mesmo do contexto de negócio, mas um passo de cada vez você chegará onde deseja.

Não fique apenas no computador, além de conversar por Skype, MSN, Gtalk, Facebook etc, saia, converse com seus amigos e colegas pessoalmente, além de palestras de tecnologia, busque palestras de assuntos da empresa que você trabalha, busque assuntos diversos, história da China, quem inventou o mangá, conheça mais de fisiologia, sobre o seu corpo, dessa forma você poderá usufruir mais de você mesmo.

Cuide do seu corpo, corra, nade, faça musculação, pratique uma arte marcial. Cuide da sua mente, leia sobre diversos assuntos, mesmo que um pouquinho só, cante, dança, toque um instrumento musical, participe de algum projeto social, ajude pelo menos uma pessoa.
Abaixo há mais três videos de motivação, espero que você goste.

Até a próxima.

Como ser um lider

Você já se perguntou sobre que habilidades uma pessoa deve deter para liderar com sucesso? Muita gente deseja desenvolver habilidades de liderança, mas nem sempre é uma tarefa fácil. A condição de líder não é fruto de eleição, nomeação ou qualquer outro atributo do gênero. Não importa a posição, classificação, título, idade, nacionalidade, raça, cor ou credo. Nada disso qualifica ninguém para liderar outras pessoas.

O direito de conduzir não é uma atribuição, é uma conquista que pode levar muitos anos para ser alcançada. Para se tornar um líder admirado e respeitado não se deve concentrar-se em fazer as pessoas seguirem você, mas em se tornar o tipo de pessoa que a maioria queira seguir.

É bom saber que qualquer um poderá, com interesse e dedicação, desenvolver as habilidades de bom líder. Basta querer, agir alinhado com os seus princípios, sem se preocupar tanto com o passado e o futuro. Para Oliver W. Holmes:”O que existe atrás de nós e o que existe à nossa frente são problemas menores, se comparado com o que existe dentro de nós”.

Para o famoso escritor John C. Maxwell, que já vendeu mais de 18 milhões de exemplares, em seu livro The Right to Lead, seguindo algumas dicas simples, como as citadas abaixo, podemos nos tornar líderes melhores.

1 – Cuidado com o seu ego

Os líderes, verdadeiramente, grandes não estão na liderança para ganho pessoal. Eles estão lá para servir os outros.

2 – Primeiro, seja um bom seguidor

Instituições como Academias Militares ensinam como se tornar um bom seguidor. A maioria dos líderes eficazes aprende, primeiro, a se tornar um bom seguidor.

3 – Mantenha relacionamentos positivos

Liderança é influência, nada mais, nada menos. Isso significa que é por natureza relacional. Hoje, a geração de líderes parece, particularmente, consciente do seu título e posição, pois significa pouco para eles. Verdadeiros líderes sabem, intuitivamente, que as pessoas vão junto com outras pessoas que desejam conviver.

4 – Trabalhe duro, mas de forma direcionada e inteligente

Ninguém respeita e segue a mediocridade. Líderes que querem ganhar o direito de conduzir devem trabalhar duro, de forma direcionada e inteligente. Eles trazem em jogo não só as suas habilidades e talentos, mas também uma grande paixão pelo trabalho.

5 – Confie na disciplina, não na emoção

Na bonança, a liderança parece fácil. Quando a turbulência surge, quando tudo parece estar contra você, é que você ganha o seu lugar como líder. Em todas as épocas, os líderes enfrentam momentos cruciais, quando tiveram que optar entre se preparar ou desistir. As ações ligadas à disciplina e não a emoção que garantem a boa liderança.

6 – Crie metas inteligentes e as valorize

Quando olhamos para líderes, cujos nomes são venerados por muito tempo, depois de terem saído de cena, quase sempre constatamos que eles ajudaram as pessoas a atingirem o seu potencial e a viverem melhor. A maior vocação da liderança é ajudar as pessoas a conseguirem o que mais desejam.

7 – Não seja egoísta: compartilhe o poder

O líder não pode se isolar. Ele precisa aprender a compartilhar. Você está destinado a ser um rio, não um reservatório. Se você usar seu poder para capacitar outros, a sua liderança irá conquistar muitos seguidores.

Mas, lembre-se de que não basta explorar seus mundos e palavras para se tornar digno de seguidores. Liderança não se aprende ou aprimora rapidamente. É como diz o ditado: “levam-se muitos anos para fazer sucesso do dia para a noite”.

Fonte: http://www.varejista.com.br/artigos/gestao/562/o-que-nos-habilita-a-liderar